PASSEAMOS PELO TIETÊ

de barco, com um grupo organizado por uma comunidade de arquitetos, domingo passado. O que mais me marcou é algo óbvio, mas que eu não ligava à imagem dos rios poluídos: mesmo um rio sujo corre.

Anúncios

Uma resposta para “PASSEAMOS PELO TIETÊ

  1. Seria o Tietê algo como Haku?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s