Arquivo do mês: outubro 2009

FIZ UMA PERGUNTA

“o que você vê no fundo da sua memória?”

Eu mesma não consigo responder satisfatoriamente.

Acho que não tenho boa memória. Preciso de marcas da passagem do tempo. É talvez por isso que eu escrevo muito, tiro muitas fotos, gravo, desenho. Essas marcas são essensciais para guardar a memória.
As pessoas ao meu redor também são minha memória. Meus amigos me contam histórias das quais não me lembro de detalhe algum.

Talvez por essa razão eu não consiga construir uma “primeira memória” que fuja a registros como uma fita cassete que meu pai gravou com meus primeiros blá-blá-blás, das fotos que tenho, dos desenhos a giz de cera da pré-escola que eu tenho ainda, do meu diário de infância, das agendas que tenho todos os anos, dos trabalhos de escola, das fotos que se acumulam no computador…

Anúncios

FUI DAR UMA SONECA

e antes de acordar com frio eu sonhei que a Karen tinha feito um vídeo de uma aula da ginástica. Ela era aluna da aula de ginástica, algo meio recreativo, meio de dança. O sonho era simplesmente esse vídeo, eu e a Karen por trás dele comentando a respeito. Era um vídeo bem simples, feito com uma câmera fotográfica digital. A aula vai começar, a professora coloca uma música dançante, que me deixou vestígios de Moby, apesar de não ter nada a ver com Moby. A Karen tá sentada no chão, e se levanta. Dá para ver a sala toda, e a Karen de roupa preto e branco se levanta em meio aos outros alunos, dos quais não tenho nenhuma informação. O que eu tenho na cabeça é que a câmera muda subitamente de posição, e eu não entendo como a Karen está filmando e participando da aula ao mesmo tempo. Depois de rever o vídeo (o vídeo se repete duas vezes no sonho) é que ela se vale do fato de a sala ter espelhos, logo no começo do vídeo ela está de frente a uma das paredes de espelho e no decorrer da aula isso vai mudando. Ela até faz cirandas com os alunos, dois a dois. Os alunos tem que se movimentar como numa coreografia bem complexa. E NÃO FOI UM sonho somente, mas dois! Lembrei enquanto escrevia de um do outro. Sonhei em alemão! Ou com uma tentativa de entender alemão. Foi um sonho do filme Corra Lola Corra, mas no sonho o filme não se passava inteiramente em alemão, e em algumas cenas o filme era preto e branco. Lembrei do sonho quando escrevi “preto e branco” da cor da roupa da Karen. Mas acontece que na cena do telefonema o namorado da Lola dizia que se chamava Moritz, mas esse é o nome do ator, Moritz Bleibtreu. No filme é Manni. Ich heiße Moritz. Por que ele precisaria dizer isso, que se chama Moritz para a própria namorada, Lola? A ligação fica confusa e cai várias vezes, eles não conseguem se falar. Duas coisas de uma mesma época, Lola e Moby. Dois vídeos muito inventivos, que eu não consigo entender à primeira vista. Vontade de fazer ginástica e de voltar ao curso de alemão? Um pouco de tudo, o episódio dos Simpsons aí em cima. Até a ciranda a Lisa faz no terceiro minuto. E as imagens estão invertidas como num espelho.